Loading...
Skip to content
Índice Remissivo: Letra T - Taxa de Serviços Estaduais

Publicada no D.O.E. em 26.12.2006, pag. 18
Retificação publicada no D.O.E. em 16.01.2007
Retificação publicada no D.O.E. em 04.06.2007

Este texto não substitui o publicado no D.O.E

PORTARIA SUAR N.º 035 DE 21 DE DEZEMBRO DE 2006

Divulga os valores das Taxas de Serviços 
Estaduais para o exercício de 2007.
   
 

O SUPERINTENDENTE DE ARRECADAÇÃO, no uso de suas atribuições legais, e

CONSIDERANDO o disposto no parágrafo único do artigo 107 do Decreto-lei n.º 5, de 15 de março de 1975, com a redação dada pela Lei n.º 3.347, de 29 de dezembro de 1999, e na Resolução SER n.º 343, de 21 de dezembro de 2006, que fixou em R$ 1,7495 (um real, sete mil quatrocentos e noventa e cinco décimos de milésimos) o valor da Unidade Fiscal de Referência do Estado do Rio de Janeiro (UFIR-RJ) para o exercício de 2007

R E S O L V E:

Art. 1.º Fica aprovada a Tabela de Valores das Taxas de Serviços Estaduais para o exercício de 2007, constante do Anexo Único desta Portaria.

Art. 2.º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação, produzindo efeitos a partir de 1.º de janeiro de 2007, revogadas as disposições em contrário.

.

Rio de Janeiro, 21 de dezembro de2006

RAFAEL BULLOS COPOLILLO

Superintendentede Arrecadação
 

ANEXO ÚNICO

TABELA DE VALORES DAS TAXAS DESERVIÇOS 
ESTADUAIS PARA O EXERCÍCIO DE 2007

(DECRETO-LEI nº 5/75, COMALTERAÇÕES DAS LEIS N.º 383/80, 713/83-ART 21, 1241/87, 
1460/89, 1498/89, 1526/89, 2207,93, 2662/96, 2879/97, 24041/98, 3347/99,3521/01 E 4691/05)

- Valores expressos em Reais -

I - ADMINISTRAÇÃO FAZENDÁRIA
II - SEGURANÇA E CENSURA
III - TRÂNSITO
IV - SAÚDE
V - ENERGIA, INDÚSTRIA NAVAL E PETRÓLEO
VI - OUTROS SERVIÇOS
VII - MEIO AMBIENTE
NOTAS EXPLICATIVAS
OBSERVAÇÕES

 

I - ADMINISTRAÇÃO FAZENDÁRIA R$
   
01 - Certidão   
    
a - de não existência de débito fiscal constituído, por estabelecimento

32,88

   
b - de pagamento do ITBI, por imóvel objeto de transmissão ou cessão de direitos, relativamente fatos geradores ocorridos até 28 de fevereiro de 1989

32,88

                
c - de pagamento do ITD, por imóvel objeto de doação ou de transmissão a causa de morte, relativamente a fatos geradores ocorridos a partir de 1º de março de 1989

32,88

    
d - de pagamento, parcial ou total, de qualquer tributo ou receita estadual (vide nota I)

32,88

   
02 - Pedido  
   
a - de concessão de regime especial para emissão e escrituração de documentos fiscais

1.644,11

   
b - de concessão de benefícios ou incentivos fiscais  
   
b.1 - relativos à implantação, relocalização ou ampliação de unidade industrial no Estado, previstos em legislação específica, ou que demandem proposição de convênio  
   
b.1.1 - para investimentos de até R$ 1.000.000,00 (hum milhão de reais)

1.150,88

   
b.1.2 - para investimentos acima de R$ 1.000.000,00 (hum milhão de reais ) 2.301,76
   
b.1.3 - para investimentos acima de R$ 5.000.000,00 (cinco milhões de  reais ) 3.288,22
   
b.1.4 - para investimentos acima de R$ 20.000.000,00 (vinte  milhões de reais) 4.439,10
   
b.2 - que, por não estarem previstos na legislação, dependem da edição de convênio, salvo nas hipóteses previstas no subitem anterior 1.644,11
   
b.3 - relativos ao patrocínio de projetos culturais 328,82
   
c - de parcelamento de débitos fiscais, a cada R$ 10.000,00 de dívida (vide nota II) 16,44
   
d - de inscrição no cadastro de contribuintes do ICMS 98,65
   
e - de baixa de inscrição 98,65
   
f - de paralisação temporária 246,62
   
g - de reinício de atividade 82,21
   
h - de reativação de inscrição 246,62
   
i - de alteração de endereço 98,65
   
j - de autorização de impressão de documentos fiscais (AIDF), por pedido 73,99
   
l - de autenticação de livros fiscais, por livro  32,88
   
m - de enquadramento no regime simplificado do ICMS para contribuinte já inscrito 82,21
   
n - de uso, alteração ou cessação de uso de sistema eletrônico de processamento de dados 147,97
   
o - de autorização para uso ou cessação de equipamentos emissor de cupom fiscal 73,99
   
p - de extravio ou inutilização de livros e/ou documentos fiscais - por ocorrência 328,82
   
q - de aproveitamento de crédito a destempo 98,65
   
r - de emissão de nota fiscal avulsa  ( * )  
   
( * ) Esta taxa deixou de ser exigida pela Secretaria de Estado de Fazenda, a partir de 01/07/2001, em virtude do preenchimento da Nota Fiscal Avulsa ser de responsabilidade do interessado, conforme o artigo 36, do Livro VI do Regulamento do ICMS.   
   
s - de transferência de crédito acumulado ou saldo credores 3.288,22
   
t - de declaração ou certidão de situação de dados cadastrais e de arrecadação de contribuintes do ICMS 57,54
            
u - de correção de dados em documentos de arrecadação 49,32
   
v - estudos ou levantamentos estatísticos de contribuintes do ICMS, a cada 200 contribuintes objeto da pesquisa 32,88
           
x - de reconhecimento de direito à fruição de benefício ou incentivo fiscal previsto na legislação, que não se refira à hipótese prevista no subitem b.1 98,65
   
03 - Expedição de segunda via do cartão de inscrição de contribuinte no cadastro estadual 73,99
   
04 - Julgamento do contencioso administrativo fiscal, quando o valor do crédito tributário for igual ou superior a R$ 5.000,00 (cinco mil reais)  
   
a - impugnação em primeira instância administrativa 197,29
   
b - recurso voluntário ao Conselho de Contribuintes  328,82
   
c - realização de perícia  1.644,11
   
05 - Análise em consulta formulada ao Departamento de Consultas Jurídico-Tributárias 493,23
   
06 - Revogado  
   
II - SEGURANÇA E CENSURA R$
   
01 - Emissão de 1a. via da carteira de identidade (Vetado no texto legal) -  
   
02 - Outras vias da carteira de identidade 19,73
   
03 - Processo policial de ação privada  
   
a - inquérito ou flagrante - dispensadas outras despesas, salvo se houver perícia 29,59
   
04 - Perícia procedida no interesse das partes   328,82
   
05 - Licença para indústria ou comércio de armas, munições, explosivos, tóxicos,  produtos químicos agressivos e corrosivos e fogos de artifício, por ano e por local 822,06
   
06 - Explosivos  
   
a - licença para depósito e uso de explosivo em pedreiras 493,23
   
b - licença para uso de explosivos em desmontes e aberturas de túneis, por local e por período inferior a um ano 493,23
    
07 - Licença para emprego de produtos químicos   493,23
   
08 - Fogos de artifício  
   
a - licença, anual para depósito de fogos de artifício 493,23
   
b - licença para venda a varejo de fogos de artifício, em estabelecimentos rudimentares, sem organização comercial, e que não tenham caráter permanente, até seis meses 493,23
   
09 - Armas  
   
a - registro, por ano 328,82
   
b - licença para porte, por ano 493,23
   
c - licença para porte em veículo, por ano 493,23
   
d - visto do porte expedido por outro estado 493,23
   
e - segundas vias de certificado de registro de armas e de licenças 328,82
   
10 - Guias de embarque, desembarque ou entrega, nas alfândegas, estações, trapiches ou depósitos, de explosivos, armas, munições, produtos químicos, agressivos ou corrosivos, por guia 82,21
   
11 - Termo de abertura e encerramento nos livros exigidos pelo regulamento de polícia, de cada termo 32,88
   
12 - Serviços particulares de segurança e vigilância  
   
a - verificação do atendimento, pela pessoa jurídica requerente, dos requisitos necessários à concessão da autorização, ou da renovação da autorização, para seu funcionamento  3.288,22
              
b - vistoria dos locais e instalações onde se desempenhem atividades sujeitas aos efeitos desta lei, sejam eles estabelecimentos próprios, sejam de terceiros, ou, ainda, das empresas que mantenham segurança própria  4.932,34
   
c - vistoria de veículos operacionais comuns  493,23
   
d - renovação de certificado de vistoria de veículos operacionais comuns  493,23
   
e - autorização para compra de armas, munições e apetrechos de recarga  493,23
   
f - autorização para transporte de armas, munições e apetrechos de recarga  493,23
   
g - autorização para mudança do modelo do uniforme  493,23
   
h - registro de certificado de formação de vigilantes  164,41
   
i - expedição e renovação de alvará de funcionamento de curso para formação de vigilantes 1.644,11
   
j - avaliação técnica e psicológica anual de vigilante, para renovação de credenciamento. 164,41
   
l - expedição de carteira de vigilante 29,59
   
m - expedição de declaração ou certidão 82,21
   
n - autorização para porte de arma 493,23
   
13 - Vistoria anual, de acordo com as classificações da EMBRATUR  
   
a - hotéis, motéis, pousadas, hospedarias, albergues, hotéis residência, hotéis de lazer, pensões,  dormitórios, casas de cômodos, paradores, e demais estabelecimentos similares, de acordo com a seguinte classificação:  
   
a.1) até 20 quartos e/ou apartamentos 493,23
a.2) de 21 a 50 quartos e/ou apartamentos 822,06
a.3) de 51 a 100 quartos e/ou apartamentos 1.315,29
a.4) de 101 a 200 quartos e/ou apartamentos 1.972,93
a.5) de 201 a 300 quartos e/ou apartamentos 3.288,22
a.6) de 301 a 400 quartos e/ou apartamentos 4.932,34
a.7) de 401 quartos e/ou apartamentos em diante 6.576,45
   
b - cinemas, teatros, boites, cabarés, dancings, salões de snooker e bilhar, sinuquinha, futebol  mecanizado e similares 575,44
   
c - clubes, sociedades ou associações recreativas, desportivas e sociais, estações auditivas ou visuais, parques de diversões, circos, velódromos e espetáculos eqüestres 575,44
   
d - prados de corridas 4.110,28
   
e - prados de corridas com área superior a 400.000 m2 41.102,81
   
f - lojas de apostas em corridas de cavalos, de vendas de bilhetes de loteria  e  de  apostas  de   loteria esportiva, loto e similares 739,85
   
g - lojas de jogos de fliperama e similares 2.630,58
   
h - serviços de alto-falantes, sem propaganda comercial (fixos ou volantes) 739,85
   
i - serviços de alto-falantes, com propaganda comercial (fixos ou volantes) 739,85
   
14 - Vistoria de autorização  
   
a - para realização de bailes carnavalescos para associados, em clubes, sociedades ou associações   portadoras de alvará anual, com até 900 m2 386,37
   
b - para realização de bailes carnavalescos para associados, em clubes, sociedades ou associações   portadoras de alvará anual, acima de 900m2 772,73
   
c - para funcionamento de jogos carteados permitidos em lei, em clubes, associações e sociedades  já registradas, por mês 904,26
              
15 - Vistoria de autorização de bingos permanentes, eventuais e similares  
   
a - destinada ao credenciamento anual de entidades, para a exploração de bingos permanentes e similares 7.453,77
   
b - destinada ao credenciamento para realização de bingos eventuais e similares, com observância  dos requisitos regulamentares, por cada evento  
              
b.1) com capacidade de até 500 participantes 2.795,16
   
b.2) com capacidade de até 5.000 participantes 7.453,77
   
b.3) com capacidade de até 15.000 participantes 13.975,83
   
b.4) com capacidade de até 30.000 participantes 18.634,43
   
b.5) com capacidade acima de 30.000 participantes 23.293,04
   
16 - Prevenção e extinção de incêndio (vide nota III)  
   
a - unidades imobiliárias de utilização residencial, ocupadas ou não, por ano  
   
a.1) área construída, até 50 m2 16,44
   
a.2) área construída, até 80 m2 41,10
   
a.3) área construída, até 120 m2 49,32
   
a.4) área construída, até 200 m2 65,76
   
a.5) área construída, até 300 m2 82,21
   
a.6) área construída, mais de 300 m2 98,65
   
b - unidades imobiliárias de utilização não residencial, ocupadas ou não, por ano  
   
b.1) área construída, até 50 m2 32,88
   
b.2) área construída, até 80 m2 49,32
   
b.3) área construída, até 120 m2 98,65
   
b.4) área construída, até 200 m2 276,21
   
b.5) área construída, até 300 m2 361,70
   
b.6) área construída, até 500 m2 460,35
   
b.7) área construída, até 1.000 m2 822,06
   
b.8) área construída, mais de 1.000 m2 986,47
   
III - TRÂNSITO R$
    
01 - (Vetado no texto legal) -  
    
a - inscrição para exame de legislação de trânsito e/ou de direção veicular, em caso de reprovação ou não comparecimento  73,99
    
b - mudança ou inclusão de categoria 73,99
    
02 - Expedição de documentos de habilitação 73,99
    
a - expedição de outras vias de documentos de habilitação, com ou sem alteração de dados pessoais 73,99
    
b - averbação com emissão da carteira nacional de habilitação 73,99
    
c - autorização para estrangeiro dirigir veículo 49,32
    
d - registro ou averbação de carteira nacional de habilitação de outra unidade da federação 73,99
    
03 - Vistoria anual para funcionamento de centro de formação de condutores, de clínicas credenciadas ou de cursos credenciados 493,23
   
a - vistoria para restabelecer o funcionamento de centro de formação de condutores, de clínicas  credenciadas, ou de cursos credenciados, por vez 246,62
    
04 - Veículos   
    
a - licenciamento de veículos, vistoria anual e emissão de laudo de gases poluentes 73,99
    
b - emissão de segunda via do certificado de registro de veículo, ou do certificado de registro e  licenciamento de veículos 73,99
    
c - vistoria móvel ou em trânsito 88,78
    
d - emissão anual do certificado de registro e licenciamento de veículo 29,59
   
e - (Vetado no texto legal) -  
   
f - cancelamento de prontuário 73,99
    
g - autenticação de cópia do certificado de registro e licenciamento de veículo 23,02
    
h - registro de contratos com garantia real decorrente de cláusula de alienação fiduciária, reserva de domínio ou penhor 16,53
   
i - averbação ou baixa de garantia de alienação fiduciária, reserva de domínio ou penhor 82,21
   
j - fornecimento de placas de identificação de veículos automotores com dispositivo de segurança 39,66
   
l - fornecimento de tarjetas de placas de identificação 6,61
   
m - emplacamento fora dos locais próprios 73,99
    
n - reemplacamento com troca de categoria ou por motivo de extravio de placa de identificação,      envolvendo a relacração 73,99
    
o - baixa de veículo ou de placa, com ou sem atribuição de nova placa 73,99
    
p - inspeção de segurança veicular (art. 104 do CTB) 106,87
    
q - laudo de vistoria técnica de veículo 73,99
   
r - vistoria e autorização para marcação ou remarcação de chassi, inclusive com emissão do documento 147,97
    
s - transferência de propriedade de veículos usados 73,99
    
t - licença anual para placa de experiência ou de fabricante 723,41
    
u - remoção de veículo por infração, acidente ou abandono, no perímetro urbano 164,41
    
v - remoção de veículo por infração, acidente ou abandono, fora do perímetro urbano 328,82
    
x - depósito de veículo, por infração, acidente ou abandono, por dia 82,21
    
z - pedido de informação sobre cadastro ou histórico de veículo 32,88
    
aa - inspeção técnica de veículo 73,99
    
bb - alteração de dados ou características, tais como, de jurisdição, de propriedade, de categoria, de combustível, de município, de placa etc.  73,99
   
cc - inspeção semestral de veículos de transporte escolar 73,99
   
05 - Credenciamento  
   
a - credenciamento para fabricação de tarjetas e placas de identificação de veículos 98,65
    
b - credenciamento para regravação de chassis e monobloco 205,51
    
c - credenciamento avulso de médico de tráfego 73,99
    
d - credenciamento avulso de psicólogo de trânsito 73,99
    
e - renovação anual de credenciamento de fábricas de placas 98,65
    
f - renovação anual de oficinas para remarcação de chassi 98,65
    
06 - Solicitação de prontuário de outra unidade da federação 73,99
    
IV - SAÚDE R$
    
01 - Licença inicial, revalidação anual de licença e mudança de endereço, dos estabelecimentos   
    
a - farmácias, drogarias, farmácias privativas, dispensários de medicamentos, ervanarias 822,06
    
b - distribuidores, importadores, exportadores, representantes, depósitos de produtos farmacêuticos e correlatos (cosméticos, produtos de higiene, perfumes e saneantes domissanitários):   
    
b.1) de empresas de grande porte     (vide nota VI) 2.466,17
b.2) de empresas de médio porte      (vide nota VI) 1.644,11
b.3) de empresas de pequeno porte   (vide nota VI) 822,06
   
c - atacadistas, importadores, exportadores e comerciais de ótica, material e equipamentos óticos, de aparelhos e produtos usados em medicina, ortopedia, odontologia, enfermagem, educação física, embelezamento ou correção estética 822,06
    
d - industriais de ótica, material e equipamentos óticos, de aparelhos e produtos usados em  medicina, ortopedia, odontologia, enfermagem, educação física, embelezamento ou correção estética:  
    
d.1) de empresas de grande porte 4.110,28
d.2) de empresas de médio porte 2.466,17
d.3) de empresas de pequeno porte 1.644,11
    
e - industriais de produtos farmacêuticos, de produtos dietéticos, de produtos farmoquímicos:   
    
e.1) de empresas de grande porte 6.576,45
e.2) de empresas de médio porte 4.110,28
e.3) de empresas de pequeno porte 2.466,17
    
f - industriais de produtos farmacêuticos contendo substâncias sujeitas ao regime de controle especial - licença especial adicional 822,06
   
g - industriais de cosméticos, produtos de higiene e perfumes:  
   
g.1) de empresas de grande porte 4.110,28
g.2) de empresas de médio porte 2.466,17
g.3) de empresas de pequeno porte 1.644,11
   
h - industriais de produtos saneantes domissanitários:   
    
h.1) de empresas de grande porte 4.110,28
h.2) de empresas de médio porte 2.466,17
h.3) de empresas de pequeno porte 1.644,11
    
i  - laboratórios e postos de coleta  
   
1.1)  laboratórios de análises clínicas, pesquisa e anatomia patológica 657,64
1.2) postos de coleta 164,41
    
j - serviços médicos, clínicas e ambulatórios sem internação 328,82
   
l - serviços de hemoterapia  
   
l.1) serviços de hemoterapia diversos 1.233,08
i.2) unidade transfusional / posto de coleta móvel / fixo 575,44
    
m - hospitais e clínicas com internação e congêneres:   
    
m.1) estabelecimentos de grande porte      (vide nota VII) 4.932,34
m.2) estabelecimentos de médio porte       (vide nota VII) 3.288,22
m.3) estabelecimentos de pequeno porte    (vide nota VII) 1.644,11
   
n - serviços ou clínicas odontológicas 328,82
    
o - prótese dentária 246,62
    
p - médico - veterinários (clínicas, hospitais, serviços médico-veterinários) 328,82
    
q - de raio x, radioterapia, radioisótopo e congêneres e radiodiagnóstico odontológico  
   
q.1) de raio x, radioterapia, radioisótopo e congêneres diversos 1.150,88
q.2) serviços de radiodiagnóstico odontológico 575,44
    
r - de fisioterapia e/ou praxioterapia 328,82
    
s - banco de leite humano 49,32
    
t - de ginástica, esteticismo, de beleza e congêneres 575,44
    
u - consultório, gabinete, psicólogo, massagista, pedicure e fonoaudiólogo 82,21
   
v - hidroterápico e saunas 575,44
    
02 - Assunção ou alteração de responsabilidade técnica / alteração de razão social 82,21
   
03 - Análises realizadas pelo Laboratório Central Noel Nutels, de controle, análise prévia, análise de consulta técnica e perícia de contra-prova (vide nota IV):   
    
a - análise de controle químico e físico-químico até 3 (três) determinações 739,85
    
b - análise de controle microbiológico até 3 (três) determinações 739,85
    
c - análise biológica 1.233,08
   
d - análise toxicológica 1.233,08
    
e - por determinação excedente em relação ao previsto nos itens a e b (análise de controle químico e físico-químico, e de controle microbiológico)  139,75
   
04 - Vistoria em estabelecimento de empresa de transporte de medicamentos:  
   
a - com armazenamento 822,06
    
b - sem armazenamento 575,44
    
05 - Vistoria em estabelecimento de empresa de transporte de pacientes 1.150,88
    
06 - Registro de livro 65,76
    
07 - Registro de certificado 49,32
    
08 - Visto em alteração contratual 49,32
   
09 - Cadastro de alimento 822,06
   
10 - Inspeção em estabelecimento de alimentos:   
   
a - de empresas de grande porte 3.288,22
b - de empresas de médio porte 1.644,11
c - de empresas de pequeno porte 822,06
    
11 - Segunda via de licença de funcionamento / certidão 65,76
   
12 - Alteração de atividade com inspeção sanitária  
   
a - de empresas de grande porte 1.644,11
b - de empresas de médio porte 822,06
c - de empresas de pequeno porte 411,03
   
13 - Análises e/ou visto em plantas baixas, de estabelecimentos de:  
   
a - farmácias, drogarias, farmácias privativas, dispensários de medicamentos, ervanarias 164,41
    
b - distribuidores, importadores, exportadores, representantes, depósitos de produtos farmacêuticos e correlatos (cosméticos, produtos de higiene, perfumes e saneantes domissanitários):   
   
b.1) de empresas de grande porte 822,06
b.2) de empresas de médio porte 493,23
b.3) de empresas de pequeno porte 164,41
    
c - atacadistas, importadores, exportadores e comerciais de ótica, material e equipamentos óticos, de aparelhos e produtos usados em medicina, ortopedia, odontologia, enfermagem, educação física, embelezamento ou correção estética 164,41
    
d - industriais de ótica, material e equipamentos óticos, de aparelhos e produtos usados em medicina, ortopedia, odontologia, enfermagem, educação física, embelezamento ou correção estética:   
    
d.1) de empresas de grande porte 822,06
d.2) de empresas de médio porte 493,23
d.3) de empresas de pequeno porte 164,41
   
e - industriais de produtos farmacêuticos, de produtos dietéticos, de produtos farmoquímicos:  
   
e.1) de empresas de grande porte 1.150,88
e.2) de empresas de médio porte 822,06
e.3) de empresas de pequeno porte 328,82
    
f - industriais de produtos farmacêuticos contendo substâncias sujeitas ao regime de controle especial 328,82
   
g - industriais de cosméticos, produtos de higiene e perfumes:   
    
g,1) de empresas de grande porte 822,06
g,2) de empresas de médio porte 493,23
g,3) de empresas de pequeno porte 164,41
    
h - industriais de produtos saneantes e domissanitários:   
    
h.1) de empresas de grande porte 822,06
h.2) de empresas de médio porte 493,23
h.3) de empresas de pequeno porte 164,41
    
i - laboratórios e postos de coleta  
   
i.1) laboratórios de análises clínicas, pesquisa e anatomia patológica 164,41
i.1) postos de coleta 164,41
   
j - serviços médicos, clínicas e ambulatórios sem internação 164,41
   
l - serviços de hemoterapia  
   
l.1) serviços de hemoterapia diversos 164,41
i.2) unidade transfusional, posto de coleta móvel / fixo 164,41
   
m - hospitais e clínicas com internação e congêneres:   
   
m.1) de empresas de grande porte 822,06
m.2) de empresas de médio porte 493,23
m.3) de empresas de pequeno porte 164,41
    
n - serviços ou clínicas odontológicas 164,41
    
o - prótese dentária 164,41
    
p - médico - veterinários (clínicas, hospitais, serviços médico-veterinários) 164,41
    
q - raio x, radioterapia, radioisótopo e congêneres e radiodiagnóstico odontolóligo  
   
q.1) raio x, radioterapia, radioisótopo e congêneres 164,41
q.2) serviço de radiodiagnóstico odontológico 164,41
    
r - fisioterapia e/ou praxioterapia 164,41
    
s - banco de leite humano 49,32
    
t - ginástica, esteticismo, de beleza e congêneres 164,41
   
u - consultório, gabinete, psicólogo, massagista, pedicure e fonoaudiólogo isento 
    
v - hidroterápicos e saunas 164,41
    
x - empresas de transporte de medicamentos com/sem armazenamento 164,41
    
z - empresas de transporte de pacientes isento 
    
V - ENERGIA, INDÚSTRIA NAVAL E PETRÓLEO R$
    
01 - Análise de controle de qualidade das substâncias minerais, até três elementos 542,56
    
02 - Registro de título de pessoa física ou jurídica com atividade de mineração no território do Estado 139,75
    
03 - Alteração do registro de pessoa física ou jurídica com atividade de mineração no território do Estado 73,99
        
04 - Concessão de novo registro, no caso de restabelecimento de atividade 139,75
    
05 - Acompanhamento e fiscalização técnica das concessões de direito de pesquisa e exploração de  recursos minerais no território do Estado, por distância percorrida   
    
a - até 100 km 361,70
    
b - de 100 a 300 km 575,44
    
c - de 300 a 500 km 822,06
    
d - acima de 500 km 1.068,67
    
VI - OUTROS SERVIÇOS R$
    
01 - Cópia fotográfica   
    
a - até tamanho 13 cm x 18 cm, cada 19,73
    
b - de tamanho maior, cada 39,46
    
c - plantas e croquis, cada 82,21
   
02 - Exame de documentação em pedido de reconhecimento de propriedade plena de imóvel, por imóvel 1.150,88
    
03 - Vistoria para a aprovação de instalação particular de luz e gás,  por economia independente e  por visita subseqüente à primeira 49,32
    
04 - Exame e aprovação de estatutos, atos constitutivos e alterações estatutárias das fundações 230,18
    
05 - Apresentação compulsória de contas pelas fundações, quando deixarem de prestar contas tempestivamente e vierem a fazê-lo mediante intimação do Ministério Público 822,06
    
06 - Apresentação de requerimento das fundações solicitando autorização para praticar ato que importe    na alteração de seu patrimônio, operações financeiras e quaisquer outros atos semelhantes 115,09
    
07 - Exame e aprovação das contas das fundações 230,18
    
VII - MEIO AMBIENTE R$
    
01 - De monitoração ambiental (vide nota VIII)   
    
a - atividades industriais   
    
a.1) de porte pequeno na vigência da LP 460,35
a.2) de porte pequeno na vigência da LI 756,29
a.3) de porte pequeno na vigência da LO 822,06
a.4) de porte médio na vigência da LP 822,06
a.5) de porte médio na vigência da LI 1.150,88
a.6) de porte médio na vigência da LO 1.479,70
a.7) de porte grande na vigência da LP 1.972,93
a.8) de porte grande na vigência da LI 3.000,51
a.9) de porte grande na vigência da LO 4.110,28
a.10) de porte excepcional na vigência da LP 3.781,46
a.11) de porte excepcional na vigência da LI 5.261,16
a.12) de porte excepcional na vigência da LO 6.576,45
    
b - atividades de extração mineral   
    
b.1) de categoria 1 na vigência da LP 1.027,57
b.2) de categoria 1 na vigência da LI 1.545,47
b.3) de categoria 1 na vigência da LO 2.055,14
b.4) de categoria 2 na vigência da LP 517,90
b.5) de categoria 2 na vigência da LI 772,73
b.6) de categoria 2 na vigência da LO 1.027,57
b.7) de categoria 3 na vigência da LP 254,84
b.8) de categoria 3 na vigência da LI 386,37
b.9) de categoria 3 na vigência da LO 517,90
    
c - atividades não industriais   
    
c.1) de porte pequeno na vigência da LP 460,35
c.2) de porte pequeno na vigência da LI 756,29
c.3) de porte pequeno na vigência da LO 822,06
c.4) de porte médio na vigência da LP 772,73
c.5) de porte médio na vigência da LI 1.101,56
c.6) de porte médio na vigência da LO 1.430,38
c.7) de porte grande na vigência da LP 1.644,11
c.8) de porte grande na vigência da LI 2.827,87
c.9) de porte grande na vigência da LO 3.370,43
    
d - empreendimentos de impacto ambiental não mitigável   
    
d.1) na vigência da LP 3.781,46
d.2) na vigência da LI 5.261,16
d.3) na vigência da LO 6.576,45
    
e - laboratórios credenciados   
   
e.1) por parâmetro credenciado 131,53
   
NOTAS EXPLICATIVAS:
 
I   -  A taxa prevista no item 01 alínea d do inciso I - Administração Fazendária não será devida no caso de pagamento do IPVA, quando houver perda total do veículo automotor, ocasionada  por  incêndio ou  qualquer outra espécie de sinistro e, ainda, por configurar o mesmo objeto material de delito  enquadrado como crime. O fato deverá ser comprovado mediante documento fornecido pela autoridade policial.
 
II  -  A taxa prevista no item 02 alínea c do inciso I - Administração Fazendária observará o seguinte:
 
a - não será devida sobre os pedidos de parcelamento relativos ao imposto sobre a transmissão de bens imóveis e de direitos a ele relativos (ITBI) e ao imposto de transmissão causa mortis e doação (ITD);
 
b - terá por limites mínimo R$ 16,44 (dezesseis reais e quarenta e quatro centavos) e máximo R$ 493,23 (quatrocentos e noventa e três reais e vinte e três centavos) inclusive para os contribuintes enquadrados no  regime simplificado  do ICMS.
 
III -  A taxa prevista no item 16 do inciso II - Segurança - observará o seguinte:
 
a - será exigida nos municípios abrangidos pelo sistema de prevenção e extinção de incêndios,   tanto naqueles que possuem o serviço instituído pelo Estado, quanto nos municípios vizinhos, desde que as suas sedes distem  até 35km (trinta e cinco quilômetros) das sedes dos municípios em que o serviço esteja instalado;
 
b - não será devida pelas unidades imobiliárias de utilização residencial, ocupadas ou não, com área  construída  igual ou inferior a 50m2, desde que não integrem edifício de apartamentos, salvo, neste caso,  as habitações populares ou de baixa renda.
 
IV -  As contas técnicas dirigidas ao Diretor do Laboratório Central Noel Nutels terão acréscimo de 50% (cinquenta por cento)
 
V  -  As vistorias anuais previstas no item 13, alíneas a, b, c, d, e, f, g, h do inciso II - Segurança - visam vericar a manutenção das condições de segurança exigidas para os respectivos estabelecimentos.
 
VI  - Os critérios de porte de empresa são os adotados pela Secretaria de Estado de Saúde - Coordenação de Vigilância  Sanitária.
 
VII - Os critérios de porte de estabelecimentos são  os adotados pela Coordenação de Vigilância Sanitária da Secretaria de Estado de Saúde.
 
VIII - As taxas previstas no item 01do inciso VII - Meio Ambiente observarão o seguinte: 
 
a) O Sistema de Licenciamento de Atividades Poluidoras - SLAP, instituído pelo Decreto n.º 1.633, de 21 de dezembro de 1977, como parte da regulamentação do Decreto-Lei n.º 134, de 16 de junho de 1975, que dispõe sobre a prevenção e o controle da poluição do meio ambiente no Estado do Rio de Janeiro, tem como instrumento de controle a Licença Prévia (LP), a Licença de Instalação (LI) e a Licença de Operação (LO). Durante a vigência destas licenças serão implementadas as ações relativas a monitoração ambiental.
 
b) A monitoração ambiental abrange: o acompanhamento das atividades licenciadas por meio  de  pareceres  técnicos relativos a análise das auditorias ambientais e dos programas de autocontrole;   as inspeções períodicas; o acompanhamento da coleta e análise de efluentes sólidos, líquidos, gasosos e particulados;  e os  trabalhos de pesquisa, treinamento de pessoal e estudos necessários para definição da política de controle ambiental.
             
c) O porte das atividades industriais e não industriais e as categorias das atividades de extração mineral  são  as definidas pela Comissão Estadual de Controle Ambiental - CECA.
 
IX - As pessoas maiores de 65 anos de idade estão isentas do pagamento da taxa relativa à renovação da CNH previstas na alínea "a" do item 02 do Título III - Trânsito, em conformidade com o disposto na Lei n.º 4.085, de 10 de março de 2003.
      
OBSERVAÇÕES:
 
1 - Redação do item 1 revogado pela Portaria SUAR n.º 38/ 2007
[redação(ões) anterior(es) ou original]
 
2 - Redação do item 2 revogado pela Portaria SUAR n.º 38/ 2007
[redação(ões) anterior(es) ou original]
3 - Para apuração do valor da taxa devida com desconto ou acréscimo previstos nesta Portaria, o valor resultante deverá ser truncado na 2ª casa decimal, desprezando-se valores inferiores a um centavo de Real.
 
 
 
 
Locais do Estado do Rio de Janeiro
Locais do Estado do Rio de Janeiro

Secretaria de Estado de Fazenda do Rio de JaneiroAv. Presidente Vargas, nº 670 - Rio de Janeiro / RJ -20071-001 - Telefone Geral - (21) 2334-4300

v20220117-1